YT chapters

YouTube Video Chapters, IGTV Ads e concorrência para o TikTok

Na última semana o YouTube anunciou uma novidade na reprodução de vídeos: uma nova feature que divide o conteúdo em capítulos, facilitando a navegação dos usuários.
O recurso chamado YouTube Video Chapters esteve em testes desde abril e agora já está disponível para todos os criadores.

YouTube Video Chapters

A divisão de tempo dos vídeos não é novidade na plataforma. Já era possível sinalizar partes do conteúdo pelos chamados timestamps, aquelas marcações que aparecem na descrição e ajudam o usuário a acessar algum ponto específico do vídeo!

Para usar o YouTube Video Chapters, o criador precisa continuar com a marcação de tempo na descrição do vídeo. A diferença é que, agora, o usuário pode clicar nestes capítulos do vídeo direto no player.

Para garantir que o seu vídeo apareça dividido durante a reprodução é necessário seguir algumas regras simples:
1 – Iniciar a contagem sempre pelo tempo 00:00
2 – Deixar apenas um espaço entre o tempo e a descrição do capítulo
3 – Escrever sempre um capítulo por linha

Para ativar o recurso também é necessário ter pelo menos três divisões de capítulos, com no mínimo 10 segundos cada, como no exemplo abaixo:

A divisão ajuda o usuário a navegar nos trechos de conteúdo que ele tem mais interesse em assistir, especialmente em vídeos longos. Dá uma olhada como ficou o resultado da divisão na live do canal Diva Depressão!

Além de facilitar a navegação do usuário pelo vídeo, o YouTube Video Chapters também está bastante integrado a atualizações recentes de otimização e SEO.
Ano passado o Google implementou um recurso no seu buscador que permite mostrar ao usuário o momento exato de um vídeo que ele precisa assistir para encontrar aquilo que procura.

timestamps

Na época da implementação, o YouTube Video Chapters ainda nem existia, mas o Google já reforçava que os timestamps eram fundamentais para garantir a entrega do conteúdo nos resultados do buscador.

Com a nova atualização, o YouTube fortalece a importância de entregar uma boa experiência aos usuários e incentiva seus criadores a fazerem este processo.

Novidades no Instagram

O Instagram está sempre atualizando a plataforma com novidades. E o momento de pandemia tem impulsionado novos recursos dentro do aplicativo, na tentativa de ajudar, de alguma forma, os criadores. Mais novidades que acabaram de ser anunciadas!
Instagram Badges
Como forma de fortalecer os criadores durante suas lives, a plataforma vai lançar uma feature chamada badges. Similar ao que acontece com o Super Chat no YouTube, a audiência vai poder fazer uma doação de $0,99, $1,99 ou $4,99 e comentar figurinhas diferentes de coração, como no exemplo abaixo.

instagram-badges

O novo recurso entrará em testes no próximo mês, para um pequeno grupo de contas, e em breve deve estar disponível para perfis de nove países, incluindo o Brasil. Inclusive, o Instagram criou uma página de cadastro, caso você tenha interesse em ativar o recurso na sua conta. Para se candidatar é só clicar neste link.

IGTV Ads

Depois de muita expectativa e cobrança por parte dos criadores, o Facebook finalmente anunciou a implementação de anúncios no IGTV, a ferramenta de vídeos longos do Instagram.

Muito se questionava sobre o investimento de conteúdos deste tipo para o Instagram, já que não existia nenhuma forma nativa de monetização (coisa que o YouTube é experiente há anos).

Depois de muitos testes, o recurso será lentamente implementado com alguns criadores e anunciantes específicos. Inicialmente, os ads aparecerão quando a pessoa clicar para assistir ao IGTV a partir do preview no feed.

Os anúncios em vídeo, construídos para mobile, terão 15 segundos de duração, como no exemplo divulgado pelo próprio Instagram.

Collab, o novo rival do TikTok

As plataformas vivem da inspiração alheia. É o caso dos stories: surgiu como “cópia” do Snapchat, tornou esse tipo de formato mega popular, e depois foi implementado em várias outras redes, como LinkedIn e Twitter.

E já que a plataforma da vez é o TikTok, nada mais comum do que outras redes se inspirarem neste app de sucesso. E esse tem sido o objetivo do Facebook!

Um novo aplicativo experimental da empresa de Zuckerberg, chamado Collab, copia as principais ferramentas do TikTok com o objetivo de promover experiências colaborativas através da música.

O novo app permite a criação de vídeos curtos a partir de três canais diferentes. Na prática, significa que o usuário pode remixar canções com até três instrumentos distintos. E a gravação fica disponível à comunidade da plataforma para usar como e onde quiser – no mesmo modelo do TikTok.
Um detalhe prometido pelo Facebook é que outros usuários precisarão sempre adicionar uma faixa original ao conteúdo de terceiros, impedindo uma apropriação total da trilha.

Se o app Collab terá forças para competir de verdade com o TikTok, ainda não sabemos! A ferramenta está em fase de testes com usuários de iOS dos EUA e Canadá. Mas uma coisa é certa: o TikTok é o Stories da vez. E que vença o melhor!

 

Lucas AmarildoLucas Amarildo

Jornalista de formação, apaixonado por produção de vídeos. Atuou em redações, produziu documentários e atualmente coordena a área técnica da Dia Estúdio com o objetivo de pensar estrategicamente as tecnologias e inovações adotadas nos projetos da empresa. Está sempre em busca das novidades do universo audiovisual, atualizações das plataformas e é justamente sobre isso que vai falar neste espaço!

x