Nova função do YouTube Studio permite analisar desempenho dos vídeos em 24h

Além de analisar todos os dados que um vídeo acumulou em 24 horas, os criadores também serão capazes de criar um gráfico de dois vídeos.

O YouTube está lançando uma nova ferramenta de análise dentro do YouTube Studio que permitirá aos criadores rastrear o desempenho do vídeo em um período de 24 horas – uma opção que não existia anteriormente, além das contagens de visualizações disponíveis publicamente.

A métrica ‘Primeiras 24 horas‘ estará no seletor de data, no canto superior direito do painel de análise do YouTube Studio. Anteriormente, o primeiro período de tempo que um criador podia escolher depois de publicar um vídeo era de sete dias.

Além de analisar todos os dados que um vídeo acumulou em 24 horas – incluindo visualizações, tempo de exibição, ganhos de inscritos, receitas estimadas e muito mais – os criadores também serão capazes de criar um gráfico de dois vídeos e comparar seu desempenho entre si durante um período de 24 horas.

Esses gráficos também fornecem dados sobre as fontes de tráfego ou como um espectador acessou um determinado vídeo – seja recursos de navegação, notificações, páginas do canal etc.

O YouTube também destacou que a métrica de 24 horas só estará acessível para vídeos que foram postados após 2019 e não estará disponível para transmissões ao vivo.

Arraste pra cima chega também ao LinkedIn

O LinkedIn lançou oficialmente a capacidade de adicionar links aos seus stories – embora não esteja disponível para todos os usuários neste momento.

A nova opção permite que você adicione um prompt ‘Ver mais’ aos seus stories do LinkedIn, que direcionará para uma URL de sua escolha.

Os espectadores podem acessar o link deslizando para cima na tela, semelhante à mesma opção em outras ferramentas de Histórias. Você tem a opção de visualizar e editar seu link antes de publicar, e os usuários terão acesso a informações de clique de link em suas percepções de Stories.

De acordo com o LinkedIn , o recurso ‘deslizar para cima’ para Stories está disponível apenas para:

  • Páginas do LinkedIn.
  • Membros individuais que têm pelo menos 5.000 conexões ou seguidores e o botão Seguir como a ação principal em seu perfil (em vez de Conectar).

O LinkedIn adicionou a opção de mudar o CTA de seu perfil de ‘Conectar’ para ‘Seguir’ em 2018, como um meio de ajudar os usuários a construir audiência na plataforma, em vez de ter que adicionar pessoas que você não conhece em sua rede profissional.

Mas é provável que haja mais benefícios para os Stories de marca e, de acordo com o LinkedIn, todas as Company Pages serão capazes de adicionar URLs às suas histórias do LinkedIn.

Netflix anuncia estratégia agressiva e promete lançar um filme por semana em 2021

A guerra das plataformas de streaming continua a todo vapor e a principal delas, a Netflix, se aproxima de um marco importante: 200 milhões de assinantes (no momento são 193 milhões de usuários conectados).

Para celebrar este marco importante, a plataforma anunciou que em 2021, os assinantes poderão assistir a um novo filme por semana. E em algumas semanas terão mais um novo filme.

Leia mais: 

São 71 títulos exclusivos, cobrindo aquisições, adaptações e ideias originais.

As histórias variam de super-heróis a faroestes, thrillers, comédias românticas, ação, comédia e, às vezes, todas essas coisas combinadas.

Para dar essa notícia, a Netflix lançou um vídeo com Dwayne Johnson , Melissa McCarthy, Halle Berry, Jason Momoa , Amy Adams, Ryan Reynolds, Chris Hemsworth e Lin-Manuel Miranda.

Alguns dos títulos mais populares incluem o filme de roubo de mega orçamento Red Notice , estrelado por Gal Gadot, the Rock e Ryan Reynolds.

Embora nem todos os títulos tenham datas de lançamento exatas, você pode esperar que um saia a cada semana

* Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Criadores iD