A evolução do relacionamento entre marcas e criadores de conteúdo fez o Marketing de Influência crescer nos últimos anos.

A Vamp, empresa que conecta marcas e influenciadores nos Estados Unidos, fez uma pesquisa com profissionais de marketing para descobrir como eles trabalham com influenciadores. Os dados mostram grandes oportunidades para as marcas com o Marketing de Influência:

1 – 80% dos profissionais de marketing disseram que o conteúdo gerado por influenciadores performou melhor do que o conteúdo criado pela própria marca.

2 – 41% das empresas economizaram no budget de criação de conteúdo ao engajar criadores.

3 – 43% dos profissionais disseram que a qualidade do conteúdo produzido pelo influenciador é a principal preocupação ao escolher um criador para trabalhar com a marca.

4 – 75% já brifaram um criador para produzir conteúdo que antes seria criado por uma agência.

5 – 49% tiveram crescimento no engajamento da marca com o Marketing de Influência.

6 – 84% utilizaram o conteúdo produzido pelos criadores nos próprios canais de marketing.

Além disso, a plataforma Fourstarzz Media fez outra pesquisa e identificou uma taxa de crescimento anual do Marketing de Influência de 32,4% até 2024. E, também, uma previsão de crescimento do setor, em dólares, de 5.5 bilhões em 2019 para 22.3 bilhões em 2024.

Na mesma pesquisa, 89% dos profissionais de marketing declararam que o Instagram é a principal plataforma para o Marketing de Influência. A rede social é seguida pelo YouTube (70%), Facebook (45%) e Blogs (44%).

O Instagram não é principal plataforma apenas para os profissionais de marketing, mas também para os consumidores. 65% declararam que seguem seus influenciadores preferidos na rede social de Mark Zuckerberg. E, quando segmentado, esse interesse aumenta ainda mais, já que 70% das mulheres preferem o Instagram. Mas, para 64% dos homens, o YouTube é a plataforma preferida.

Micro-influenciadores

Além disso, o crescimento da visibilidade dos micro-influenciadores no Instagram foi outro ponto identificado não só pelos usuários, mas também pelos profissionais de marketing.

61% dos usuários acreditam que o conteúdo publicado por micro-influenciadores é mais real.

43% dos usuários e 55% dos profissionais acreditam que os micro-influenciadores têm uma relação mais próxima.

36% acreditam que o conteúdo produzido por eles é mais autêntico e verdadeiro e 39% dos profissionais também acreditam.

56% dos profissionais de marketing acreditam que trabalhar com micro-influenciadores é mais efetivo.

A sua marca já trabalha com Marketing de Influência? Quais os principais desafios?

*Leia também:* Video Marketing: dados que vão te convencer a investir em vídeos.