Desvendando o Instagram: o que engaja mais na plataforma?

Vamos desvendar os mistérios para melhorar o engajamento no Instagram, plataforma que comemora 10 anos em 2020.

O Instagram completou 10 anos de lançamento e a gente continua na luta: como entender o algoritmo da plataforma e definir quais são as postagens ideais para ter um bom alcance. Essa dúvida permeia todos os tipos de perfis, seja uma marca, um pequeno criador de conteúdo ou um super influencer.

Hoje a gente vai entender um pouco mais sobre o histórico da plataforma, o que as pesquisas mais recentes nos mostram sobre o algoritmo, o que os especialistas em marketing digital têm falado e quem você pode seguir para obter mais dicas sobre a rede social que a gente tanto ama!

A plataforma, lançada em 6 de outubro de 2010, já acumula mais de 2.449 bilhões de usuários ativos mensalmente, e, segundo o próprio Instagram, mais de 500 milhões de contas usam os Stories todos os dias. De acordo com último infográfico “Data Never Sleeps”, lançado anualmente pela Domo, os usuários do Instagram realizam 347 mil posts nos Stories por minuto.

Leia mais:

>> Strikes no YouTube: o que aconteceu com o Rato Borrachudo?
>>> Três canais de marca que arrasam na produção de conteúdo para o YouTube
>>> Dicas práticas para otimizar seu vídeo e aumentar o alcance no YouTube

Ao longo desses 10 anos, o Instagram teve uma constante evolução, entre as mais marcantes temos o lançamento da publicação de vídeos em 2013; a mudança do feed cronológico para priorizar o algoritmo, o lançamento dos Stories e das lives, tudo em 2016; o lançamento do IGTV em 2018, a remoção dos likes em 2019 e o lançamento do Reels, este ano.

O perfil Vamp Brands fez uma timeline resgatando o histórico da plataforma ao longo desses 10 anos, veja a versão traduzida pelo YouPix:

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por YOUPIX (@instayoupix) em

A grande questão é: com todas essas mudanças, o que podemos fazer para garantir um bom alcance e como ser “priorizado” pelo Instagram? Cada vez vemos uma nova teoria circulando, como “Use o reels para aparecer mais para as pessoas” ou “Peça pras pessoas salvarem o conteúdo por que isso funciona como um ~super like”.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por 🌈EDITARTE🎨 (@_editarte) em

Por isso, vamos listar aqui o que podemos concluir sobre o Instagram, pelo menos por hora. Segundo a plataforma Later.com a gente precisa sempre ter em mente que o algoritmo é alimentado por aprendizado de máquina, o que significa que qualquer novo padrão ou tendência de comportamento vão ser considerados no funcionamento do algoritmo. Isso já explica, por exemplo, porque o recém lançado Reels têm engajado mais do que os outros formatos.

1 – Carrossel engaja mais do que foto ou vídeo

Uma pesquisa da Social Insiders publicada em julho deste ano comprova: os carrosséis engajam mais do que fotos ou vídeos isolados. Segundo os dados levantados pelo site, publicações em formato de carrossel têm uma uma taxa média de engajamento por postagem de 1,92%, enquanto as imagens ficam com 1,74% para imagens e os vídeos com 1,45%.

Além disso, a pesquisa aponta formas mais eficazes de se utilizar os carrosséis: quando as postagens têm 10 slides (máximo disponível) a taxa média de engajamento é de 2%, já quando a publicação mistura fotos e vídeos, a taxa chega a 2,33%. Além disso, os carrosséis que contém vídeos recebem uma média de comentários maior do que outras postagens. 

A pesquisa também analisou as legendas. Quando há uma orientação para que o público lembre de deslizar para esquerda para visualizar as outras imagens da publicação, a taxa de engajamento passa de 1,83% para 2%.

Mas é claro que, além do formato contribuir para o engajamento, o conteúdo que você oferece têm que ser atrativo e coerente com aquilo que você quer comunicar em seu perfil. Você pode dar uma conferida em templates de sites como o Banner Snack para se inspirar na hora de montar seus carrosséis e entender qual é a melhor forma de desdobrar o seu conteúdo em mais de uma imagem ou vídeo sequencial.

2 – Stories em vídeo geram mais engajamento

Outra pesquisa mais recente, divulgada no início de outubro também pela Social Insiders, analisou o formato que mais engaja dentro dos Stories. Hoje, 52% dos stories realizados são em formato de vídeo.

Stories em vídeo geram mais conversas do que os outros formatos, consequentemente garantem mais engajamento. Quando analisamos a taxa de clique (CTR) – um dos principais objetivos das marcas dentro do Instagram, esse tipo de publicação também têm vantagem se comparado com imagens – o que pode ser estratégico para marcas ou influenciadores que precisam gerar conversão para o site ou perfil do anunciante, por exemplo.

Por outro lado, os Stories em vídeo também geram mais taxas de avanço e saída do que as imagens. Então vale colocar na balança e não se ater a apenas um dos formatos, mas ir realizando testes para entender o que o seu público, em específico, mas gosta de acompanhar.

3 – Pense bem nas suas legendas

Outra dica é não subestimar o poder das legendas, muita gente coloca só um emoji e posta a foto, sem se preocupar em aproveitar aquele espaço para complementar a sua postagem e gerar mais engajamento.

É comprovado que boas legendas são eficientes para engajar mais na plataforma, algumas lições que podemos extrair desse artigo da Social Bakers são:

  • Comece pelo mais importante – mesmo que a sua legenda seja mais longa, você tem que garantir que a mensagem principal está no início. Isso pode servir tanto para prender a atenção do seu leitor, quanto para comunicar o mais importante caso ele não leia até o final;
  • Faça perguntas – quanto mais engajamento, maior o potencial de alcance da sua postagem. Perguntas são uma ótima forma de provocar seu público para gerar comentários. Só tenha cuidado para fazer uma pergunta realmente pertinente e conectada com o tema da foto;
  • Conte histórias e seja humano – quando fica difícil de pensar em como elaborar uma boa legenda, a forma mais simples de destravar é: conte uma história. O que aquela foto significa, qual foi o processo por trás dela, o que você estava pensando quando fez esse clique, qual as emoções que você sente ao passar por momentos como esse? Essa é uma boa forma de causar identificação com o seu público.

4 – Poste pelo menos 3 stories por dia

Ainda segundo as pesquisas da Social Insiders, postar até 5 Stories por dia garante uma taxa de retenção de mais de 70%! É legal ter em mente que a maioria das saídas acontecem nas três primeiras histórias, por isso, você pode planejar a sua sequência de Stories de uma forma que esse público fique curioso em continuar assistindo.

Um dado interessante é que a maioria das marcas posta em média 7 a 8 Stories por mês! Mas aumentar essa frequência pode mudar o seu relacionamento com o público e garantir mais retenção.

Quem acompanhar?

Além desses fatores citados, a gente também indica que você sempre fique de olho em referências, perfis que te inspirem e acompanhe as novidades sobre o Instagram. O criador de conteúdo Paulo Cuenca, que trabalha há mais de 10 anos com internet, posta diariamente informações sobre a plataforma e dá dicas sobre conteúdo e informações sobre o algoritmo.

Ver essa foto no Instagram

Quais outros mitos do Instagram você já acreditou ou ainda fica em dúvida se é verdade ou não? Me conta aqui nos comentários 👇🏼

Uma publicação compartilhada por PAULO CUENCA (@paulocuenca) em

E, é claro, acompanhe o Criadores iD para continuar por dentro dessas e outras dicas para quem produz conteúdo para internet. Você tem outras dúvidas sobre criação de conteúdo para Instagram? Manda pra gente lá no Twitter, é só marcar @criadoresid!

* Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Criadores iD