Desmonetização no YouTube: o que fazer?

Por que o YouTube desmonetiza os vídeos?

Se você produz conteúdos para o YouTube, já deve ter se deparado com avisos de “monetização limitada” ou “não qualificado” em seus vídeos. Essa desmonetização acontece quando o algoritmo da plataforma identifica algum conteúdo que não esteja de acordo com as diretrizes de conteúdo do YouTube.

Para que o seu conteúdo siga monetizado, é importante se atentar às regras do YouTube e, para isso, a plataforma separou por categorias os itens que devem ser evitados.

Linguagem imprópria

Conteúdos com linguagem obscena ou vulgar, dependendo do contexto, podem tornar o vídeo não adequado para publicidade.

Violência

Temas relacionados à violência também podem desmonetizar o seu vídeo. Por isso, evite conteúdos de guerra, cenas de tiroteio, crueldade animal, violência explícita em brigas, violência contra crianças (mesmo que fictícia), caça e armas de fogo.

Ofensas

Conteúdos discriminatórios, abusivos e malicioso também fazem parte da lista. Em outro tópico, o YouTube ainda cita que, conteúdos que incitam ódio ou menosprezam um indivíduo ou grupo de pessoas com base nos seguintes itens não são adequados para publicidade:

Raça
Origem étnica
Nacionalidade
Religião
Deficiência
Idade
Status de veterano
Orientação sexual
Identidade de gênero

Além disso, o YouTube ainda ressalta que conteúdos de comédia ou que apresentam sátiras podem ser considerados exceção, mas que, apenas declarar a intenção cômica não é o suficiente. No final deste artigo, daremos dicas do que pode ser feito em casos como esse.

Conteúdo adulto

Outro ponto que o YouTube destaca, é o conteúdo com temas altamente sexualizados, como linguagem sexual, simulações ou atos sexuais explícitos, arte corporal com foco em nudez, discussão sobre fetiches, discussões sobre experiências sexuais e conselhos sobre desempenho sexual.

Atos perigosos ou nocivos

Conteúdos como pegadinhas, desafios, procedimentos médicos invasivos, ameaças de danos físicos, atos perigosos (como subir em telhados ou surfar em trens) e práticas de tratamento ou saúde prejudiciais (como movimento antivacinação) também não são qualificados para publicidade.

Conteúdo infantil

Uma mudança recente no YouTube também limita anúncios personalizados em conteúdos considerados infantis. Caso você não identifique corretamente os seus vídeos, o risco de desmonetização também é grande.

Como revisar a monetização?

Todo o processo de identificação do conteúdo é feito através do algoritmo do YouTube mas, caso você acredite que o seu vídeo não se enquadra nas restrições, é possível solicitar uma análise manual.

Essa análise manual nada mais é do que uma revisão humana, onde um especialista do YouTube identifica se o seu conteúdo deve continuar com a monetização reduzida.

Outras dicas

É importante lembrar que, além do vídeo, o conteúdo da thumb, título, descrição e tags também podem ser analisados.

Se você consegue produzir seus conteúdos com antecedência, indicamos subir o vídeo, pelo menos, 24 horas antes de publicar. Assim você pode monitorar a monetização e, se necessário, solicitar a análise manual.

Seus vídeos costumam perder a monetização? Conta pra gente no Instagram @CriadoresiD.

x