Monark (Bruno Aiub)

561K seguidores
3.3M inscritos
1.3M seguidores
74.1K seguidores

Bruno Aiub é mais conhecido na internet como Monark, um dos grandes youtubers de games do Brasil. Ele fez o caminho oposto ao de muitos criadores de conteúdo digitais e se mudou de São Paulo para Curitiba (PR), buscando um ritmo de vida mais tranquilo. Bruno começou a fazer vídeos para o YouTube em 2009, usando o Orkut, fóruns de games e o Twitter para divulgar o canal no início da carreira na plataforma.

Com um humor ácido, o influenciador ganhou reconhecimento com as transmissões ao vivo e vídeos sobre jogos clássicos da nova geração, como MineCraft e League of Legends. Para além dos games, Bruno também compartilhava curiosidades sobre famosos e fatos inusitados.

O sucesso na internet ajudou o jovem a expandir a atuação para outras áreas. O paulistano possui outros canais no YouTube e foi um dos apresentadores do Flow Podcast, um dos programas de entrevista mais ouvidos do país

Monark foi desligado do Flow Podcast após ter sugerido a existência de um partido nazista no Brasil. Durante o bate-papo com os deputados Kim Kataguiri e Tábata Amaral no Flow Podcast, o influenciador disse que as pessoas “deveriam ter o direito de serem anti-judeu”.

A fala repercutiu muito mal na internet, uma vez que apologia ao nazismo é considerada crime no Brasil. Entidades judaicas criticaram o fato e publicaram uma nota em repúdio. Devido à pressão popular, marcas como Flash e a Federação Carioca de Futebol retiraram o patrocínio do podcast. O criador publicou no mesmo dia um vídeo no Instagram pedindo desculpas pelo ocorrido. 

Após as manifestações, o YouTube proibiu Monark de monetizar os vídeos produzidos em seu canal, ou seja, o criador ficou impossibilitado de receber dinheiro em anúncios que pudessem aparecer em seus vídeos. O influenciador chegou a reclamar publicamente da decisão, dizendo que a empresa quer impedi-lo de trabalhar.

Menos de um mês depois da proibição, Monark anunciou o retorno ao trabalho em outra rede social. Pelo Twitter, ele anunciou a volta aos podcasts em um ambiente “com mais liberdade do que nunca”, ao republicar uma postagem do Rumble, plataforma canadense de compartilhamento de vídeos.

Audiência

1.3M

Seguidores no Twitter

Conteúdos relacionados