Clubhouse: o novo espaço de criadores e networking

Nascido exclusivamente para iPhone, o aplicativo só pode ser acessado se você receber o convite de um amigo.

Se você acompanhou as redes sociais na última semana, deve ter percebido que um novo aplicativo tem ganhado cada vez mais destaque na internet.

O Clubhouse une o senso de exclusividade e um formato inédito de distribuição de conteúdo, chamando a atenção de usuários e criadores.

Nascido exclusivamente para iPhone (e isso me lembrou muito o surgimento do Instagram), o aplicativo só pode ser acessado se você receber o convite de um amigo (Orkut vibes).

O Clubhouse é um aplicativo de áudio (pelo menos até o momento), e funciona através de salas de interação. Ao criar uma sala, a pessoa pode definir quem será o speaker e quem será o moderador.

Com o tempo, a sala ativada passa a ficar aberta e as pessoas podem entrar livremente, para escutar o bate-papo; se essas pessoas tiverem interesse em se manifestar, podem pedir para falar apertando um botão de levantar a mão. Com isso, algum dos moderadores pode liberar seu perfil, transformando você em palestrante.

O que mais tem chamado a atenção nestas primeiras semanas de popularidade do app é a quantidade de pessoas famosas e representativas nos seus seguimentos compartilhando conteúdos em diversas salas do Clubhouse.

Pessoas como Elon Musk, Bernardinho e Mark Zuckerberg já andaram falando por lá, o que acabou tornando fácil o acesso a conteúdos que essas pessoas têm a oferecer.

E obviamente, muitos criadores de conteúdo também aproveitaram a oportunidade de marcar presença em mais uma rede.

Paulo Cuenca, referência na produção de conteúdo, é um dos nomes em alta por lá. Inclusive, ele aproveitou o hype do app para compartilhar sua visão sobre o sucesso da plataforma.

Muitas salas lá dentro são voltadas para a criação de conteúdo, repleta de criadores conversando sobre muitos temas.

Inclusive, a troca de conhecimento e o famoso networking é uma das características promissoras do novo app. A democratização do conteúdo aliado ao acesso fácil, tem tornado o Clubhouse um verdadeiro espaço de aprendizado.

Além de tudo isso que eu comentei, o Clubhouse chega para mostrar mais uma vez o poder do áudio. Em uma espécie de podcast ao vivo, o aplicativo é o espaço da voz entre as redes sociais, dando ainda mais destaque para este formato tão em alta na criação de conteúdo.

E você, já faz parte do clube ou ainda está aguardando convite pra entrar?

* Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Criadores iD