O YouTube está buscando que seus criadores de conteúdo avisem à plataforma quando um vídeo é patrocinado, o famoso “publi” ou merchan. A opção de Content Declaration não é nova no YouTube e, inclusive, o site já possuía uma sessão em seu termos de uso falando da importância de sinalizar, pelo menos para o site, quando um vídeo é  patrocinado. O que acontecerá a partir de agora é uma campanha para os youtubers conhecerem a opção e passarem a utilizar o recurso devidamente.

Na hora de postar, já era possível os criadores sinalizassem a opção de que o vídeo contém conteúdo publicitário em um box no final da página de configurações avançadas. Com a opção marcada, o YouTube consegue direcionar melhor os anúncios exibidos antes do vídeo começar. Por exemplo, se um youtuber faz uma publicidade de uma marca de carro, não seria interessante mostrar anúncios de uma marca concorrente. Devidamente sinalizado é possível refinar estes anúncios para que não haja conflito.

youtube-sinalizar-publicidade

Há também uma opção onde o criador pode sinalizar no canto da tela, durante 10 segundos, que o vídeo é uma publicidade. Esta opção não é obrigatória, mas ajuda na transparência do youtuber com seu público.

Em alguns países, como os Estados Unidos, recentemente surgiu a polêmica dos vídeos patrocinados não sinalizados como publicidade. O youtuber Felix Kjellberg, mais conhecido como PewDiePie, foi acusado de não sinalizar um vídeo patrocinado pela Warner em uma resenha de game. A Federal Trade Comission, responsável pela proteção de consumidores americanos, entrou com processo contra a Warner Bros, por conta da publicidade não sinalizada, e agora a  WB não pode instruir seus contratados a esconderem informações, levando os consumidores a interpretações erradas.

Lembrando novamente que, esta opção não é uma novidade dentro do YouTube, esta medida já está valendo desde o antigo Termos de Uso, só será endossado com os usuários a importância da sinalização.