A CEO do YouTube Susan Wojcicki apresentou um relatório atualizado com as principais prioridades da plataforma em 2018. Com uma comunidade que atinge 1,9 bilhão de usuários por mês, o YouTube pretende investir ainda mais em educação e seguir incentivando a produção de conteúdo dos criadores.

:: Leia mais: YouTube adota sistema de #hashtags para facilitar buscas por vídeos ::

O comunicado de Susan Wojcicki traz várias informações que já haviam sido anunciadas pelo YouTube na VidCon 2018. Entre elas as novas formas de monetização para os criadores, como as Associações de canais, as mercadorias e as estreias programadas.

Ela também falou da Copyright Match, a nova ferramenta lançada pelo YouTube para fortalecer os direitos autorais dos criadores de conteúdo.

 

Comunicação com criadores

A grande novidade para a comunicação entre o YouTube e os criadores de conteúdo está em um novo painel que oferece atualizações e notícias sobre a plataforma. Além disso, será possível visualizar de maneira mais simples o desempenho dos vídeos mais recentes.

A ferramenta estava sendo testada desde fevereiro com alguns criadores e nas próximas semanas estará disponível para todos em 76 idiomas.

Outro ponto apontado por Susan Wojcicki diz respeito às interações em mídias sociais. Segundo ela, foram respondidos 600% mais tweets em 2018 do que em 2017. O alcance dos perfis oficiais (@TeamYouTube, @YTCreators e @YouTube) também aumentou em 30% nos últimos meses.

 

Mostrar aos anunciantes as possibilidades do YouTube

Entre uma das prioridades de Susan Wojcicki está em mostrar aos anunciantes do YouTube as possibilidades da plataforma. A ideia é valorizar as comunidades engajadas e ampliar ainda mais o alcance.

No relatório, Susan Wojcicki disse que o YouTube tem se reunido com as maiores marcas do mundo para compartilhar histórias incríveis. Ela disse que os resultados estão sendo positivos e fará desta uma prioridade.

 

Aprendizado e educação

Susan Wojcicki anunciou o YouTube Learning, uma iniciativa para fornecer doações e promoções para apoiar os criadores de conteúdo voltados para a educação, organizações especializadas e alunos.

A ideia é fazer com que o YouTube seja visto cada vez mais como um benefício para a educação, além de valorizar os criadores de conteúdo deste segmento.

A plataforma também irá expandir a equipe dedicada ao setor de educação a fim de criarem novos recursos de aprendizado para o YouTube.

YouTube na TV

Embora a maior parte dos usuários assista aos vídeos do YouTube pelo celular, cada vez mais pessoas estão consumindo conteúdo da plataforma na televisão. Segundo Susan Wojcicki, os usuários assistem mais de 180 milhões de horas do YouTube na TV todos os dias.