Há meses em uma disputa acirradíssima, o youtuber sueco PewDiePie e  o canal de séries indianas T-Series continuam na briga pelo título de maior canal do YouTube. PewDiePie está com uma vantagem de apenas 5 mil inscritos, correndo o risco de ser desbancado a qualquer momento (pela quarta vez). Por enquanto, os números nunca permaneceram estáveis o bastante para que se possa supor um provável vencedor dessa disputa. Atualmente ambos já somam mais de 90 milhões de inscritos.

Confira a contagem em tempo real:

A competição entre os canais tem dado o que falar na Internet. Isso porque o canal PewDiePie é encabeçado por uma pessoa apenas – o sueco Felix Kjellberg. O youtuber começou na carreira sozinho e se mantém como o maior canal do YouTube desde 2013, com uma pequena equipe de produção. Ele inspirou e inspira todos os dias milhares de criadores ao redor do mundo a trabalharem para o YouTube.

Já o canal T-Series pertence a uma gravadora e produtora de filmes indiana, que conta com 29 canais e mais de 100 milhões de inscritos somando todos os canais desde novembro de 2018.

Muitos influenciadores consideram a disputa “desleal” e estão apoiando PewDiepie. Grandes nomes como Elon Musk e o cocriador de Rick and Morty, Justin Roiland, já tentaram ajudar o canal a manter a liderança, participando de um de seus quadros mais famosos, o Meme Review.  No Brasil, o youtuber LubaTV foi um dos primeiros a manifestar sua indignação a respeito do tema no vídeo “O fim está próximo”.

 

 

A questão é polêmica porque, com a entrada de grandes empresas e canais de televisão no YouTube, o trabalho de criadores de conteúdo autônomos parece ser desvalorizado. Afinal, a plataforma reconhece métricas que são alcançadas com muito mais facilidade quando se conta com uma equipe enorme de produção.

 

Leia mais: Instagram também terá a função “Watch Party”, como no Facebook