O Instagram está adicionando uma nova ferramenta para diferenciar posts pagos do conteúdo espontâneo da rede social. O rótulo que apresenta as palavras “Parceria paga por …” aparecerá nas próximas semanas acima das postagens patrocinadas e das histórias criadas por celebridades e outros usuários que promovam marcas ou produtos.

O novo recurso foi anunciado na mesma semana em que um relatório afirmou que 93% das postagens pagas feitas pelos usuários mais populares da Instagram não foram rotuladas de acordo com as diretrizes da Federal Trade Commission (Comissão Federal do Comércio, nos Estados Unidos). A FTC indica que as postagens patrocinadas devem ter uma referência clara ao fato de que eles servem como publicidade paga, seja com palavras como “patrocinadas por” no texto que acompanha a legenda, ou usando hashtags como #ad.

instagram postagem paga

Aqui no Brasil, o CONAR, Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária, mandou tirar do ar publicidades feitas no Instagram, uma delas da musa fitness Gabriela Pugliesi. Além disso, outras decisões pediram a retirada de algumas propagandas em blogs e canais do YouTube. Essas ações apontam para o crescimento da atuação do conselho em publicidades veiculadas em novas mídias.

:: Leia Mais: CONAR reforça fiscalização no YouTube e notifica Bruna Marquezine e Pugliesi ::

Ao colocar a notificação acima da imagem ou história, em vez de apenas uma legenda, o novo sistema do Instagram deve facilitar para os seguidores diferenciarem as postagens pagas. Claro, os usuários ainda terão que escolher incluir manualmente o rótulo ao postar uma foto, deixando a porta aberta para usuários continuarem a fazer propagandas veladas, porém, o serviço quer incentivar maior transparência.

As métricas para postagens com o rótulo “Parceria paga” estarão disponíveis tanto para o usuários como para o anunciantes, permitindo que eles vejam o tamanho de alcance através do aplicativo Instagram’s Insights.