Muitos dos influenciadores digitais e youtubers que fazem sucesso hoje em dia começaram a produzir conteúdo para internet há anos, quando ainda eram adolescentes. Eles cresceram em frente às câmeras e o público pode acompanhar seu desenvolvimento nas redes sociais.

:: Conheça os indicados ao Prêmio Influenciadores Digitais ::

Crianças prodígio que cresceram sob os holofotes já era visto na mídia tradicional. É como a história da Bruna Marquezine e da Marina Ruy Barbosa, que desde criança trabalham como atrizes e têm sua imagem veiculada para todo Brasil. Uma geração de telespectadores as viu interpretando personagens, que foram amadurecendo junto com as garotas.

A Maisa Silva é outro exemplo de quem desde cedo já aparecia em rede nacional. Com apenas três anos ela se apresentou no Programa Raul Gil e depois foi contratada pelo SBT para apresentar programas infantis.

Com o passar do tempo foi se lançando na carreira de atriz, cantora e, mais recentemente, youtuber. Maisa já conta com mais de quatro milhões de inscritos em seu canal, onde compartilha viagens, dicas e entrevistas, além de suas músicas. E olha que ela ainda tem apenas 15 anos.

Na internet há casos bem parecidos. O Christian Figueiredo, por exemplo, começou no YouTube aos 15 anos de idade, com o canal Eu Fico Loko. A carreira como youtuber deu certo e influenciou sua vida profissional, fazendo com que hoje ele seja um dos principais influenciadores digitais do país.

Em 2015, Christian Figueiredo lançou o seu primeiro livro, que leva o mesmo nome do canal e narra suas experiências de infância e adolescência.  Dois anos depois, a obra foi adaptada para o cinema, tornando Christian Figueiredo o primeiro youtuber a ter sua história contada em uma obra cinematográfica.

A Niina Secrets começou a produzir conteúdo para o seu canal quando tinha apenas 16 anos. Isso foi lá em 2010, quando o YouTube estava começando a se popularizar no Brasil. Ela fazia vídeos de maquiagem e mantinha um blog onde escrevia sobre moda, beleza, decoração e outros assuntos.

Hoje, aos vinte e três anos, Niina Secrets viu o hobby de adolescente se tornar profissão. Através do sucesso da internet, ela já lançou coleções de maquiagens, roupas e participa de eventos de moda e beleza.

Tem vídeo novo no canal falando sobre a nossa casa nova ❤🏠✨ vem ver: https://youtu.be/OQItxfqyvUU

Uma publicação compartilhada por Niina (@niinasecrets) em

Além disso, os vídeos que antes mostravam o que ela carregava em sua mochila da escola ou festas do pijama com suas amigas, agora mostram conteúdos de sua vida adulta.

Aos 23 anos, Niina Secrets compartilha com os seguidores sua mudança de apartamento e os preparativos para o seu casamento, através da série Diário da Noiva.

Outra influenciadora que começou cedo na internet é a Bruna Vieira, do blog Depois dos Quinze. Ela viu na internet uma forma de entender e se descobrir melhor na adolescência e, desde então, nunca deixou de produzir conteúdo digital.

O blog abriu portas para ela iniciar sua carreira como escritora. Hoje, aos vinte e três anos, Bruna mantém seu blog e canal no YouTube compartilhando com suas seguidoras conteúdos sobre aceitação, empoderamento e desafios da vida adulta.

Tem gente que começou criança, bombou na internet… e ainda é criança! Sim, tem muito youtuber fazendo sucesso na internet que ainda nem chegou à adolescência.

É o caso do Isaac do Vine, que com apenas 9 anos contabiliza mais de 4,7 milhões de inscritos no YouTube. Em seu canal, ele compartilha desafios, parodias e esquetes de humor.

Seu sucesso começou quando produzia vídeos curtos para o aplicativo Vine, que originou seu apelido. Hoje em dia concilia sua rotina escolar ao trabalho como youtuber. Ele já lançou um livro e fez propagandas para grandes empresas.

Essa galera toda teve uma infância e adolescência diferente de quem cresce longe das câmeras e da vida pública. Muitos deles acabam não vivendo experiências como ir ao shopping ou cursar uma faculdade da mesma forma que os jovens costumam fazer.

O sucesso das pessoas ainda quando crianças é determinante na formação de sua personalidade e pode influenciar em diversos aspectos para o futuro. E muitas vezes se questiona se isso não pode vir apresentar consequências negativas no futuro.

Mas, a Maisa é um ótimo exemplo de que esta exposição e o fato de ser reconhecido pelo público pode ser utilizado como forma de despertar a consciência de pessoas da mesma faixa etária.


Em diversos tweets Maisa expõe sua opinião sobre temas importantes, como o feminismo. Recentemente teve sua imagem veiculada a uma campanha que procura quebrar tabus sobre menstruação, mostrando que as adolescentes também devem falar sobre o assunto.

A verdade é que, se na mídia tradicional já existiam crianças estrelas, na internet elas têm ainda mais espaço.