O Relatório de Tendências da Ford para 2019 mostrou o que 2018 já vinha prevendo: as pessoas vão buscar pela chamada desintoxicação digital. Ou seja, mais equilíbrio entre a vida online e a offline.

A pesquisa foi feita em 14 países – entre eles o Brasil –  e mostra sete principais pontos desta mudança de comportamento:

 

1) A divisão da tecnologia:

As pessoas serão divididas entre as que têm acesso à tecnologia e se beneficiam de seu uso, e aquelas que não têm acesso.

2) Desintoxicação digital:

Apesar de não dispensarem os aparelhos  digitais, as pessoas tendem a estar mais preocupadas com a dependência e procuram controlar o uso.

3) Recuperando o controle:

Em uma contrarreação, os consumidores procuram formas de serem “donos de suas vidas” de novo.

4) As muitas faces do eu:

As redes sociais se tornam cada vez mais importantes na vida das pessoas, que assumem papéis diferentes na vida real e na vida online. Isto acaba influenciando em suas escolhas e decisões de compra.

5) O trabalho da vida:

Nossa forma de enxergar o trabalho está diferente. Buscamos um trabalho que nos satisfaça pessoalmente, não apenas financeiramente. Portanto, as empresas estão inovando nos benefícios oferecidos.

6) Eco-momentum:

Os consumidores concordam que a preservação do meio-ambiente é importante e depende das nossas atitudes

7) Caminho fácil:

Com a mobilidade cada vez mais difícil nas grandes cidades, as pessoas passam muito tempo dirigindo carros. Então, o que é possível fazer dentro deles passa a se tornar relevante.

 

Desde o ano passado algumas campanhas se destacaram na tentativa de conscientizar sobre a necessidade da “desintoxicação digital” mencionada na pesquisa da Ford.

 

O Google, por exemplo, lançou o recurso “Bem-Estar Digital” , que ajuda a controlar quanto tempo você gasta em cada app no celular, além de quantas notificações você recebe e como você pode diminuir o uso do smartphone antes de dormir.

 

desintoxicação digital

 

Já a operadora Vivo criou a iniciativa “Tem Hora para Tudo”, uma série de vídeos emocionantes que incentivam o aproveitamento de momentos offline.

A mesma campanha também lançou o  #DesafioVivaTudo, no qual influenciadores como Lilian Melchert, Jean-Luca  e Thaynara OG foram convidados a passar alguns dias longe da Internet para curtir mais a vida. Depois, os youtubers compartilharam a experiência em seus feeds no Instagram.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Oi bb, vem cá: quantas horas você passa por dia se dividindo entre suas conexões – digitais ou não? hmmm eu sei eu sei, senta aqui, sofro com isso tbm, de não estar 100% focada no momento, vivendo tudo que importa por inteiro 🤦‍♀ Eu to online o tempo todo, e sou bem daquelas que da tchau e continua online sabe? hahaha Sabendo disso, a @vivo me DESAFIOU a passar alguns dias focando em uma conexão de cada vez e, por isso, vou tentar reaprender a viver enxergando que existe hora certa pra cada coisa. Tem hora da gente trabalhar, hora de usar a internet, hora de se divertir e hora de relaxar, não da pra fazer tudo ao mesmo tempo e eu tava com dificuldade de entender isso. Toda hora eu tava fazendo tudo, tipo lendo e-mail durante um filme ou stalkeando os @s durante um jantar com os meus amigos sabe? QUE. FASE. Se você estiver na mesma que eu, pega na minha mão e vamos tentar focar de forma mais consciente nas nossas conexões. Eu vou ficar alguns dias mais longe da internet pra cumprir o #DesafioVivaTudo — se vc quiser, vem comigo e entra nesse desafio…na # a gente divide nossas dores e alegrias dessa experiência. Vale focar no jantar com os amigos e sair do celular, vale fazer uma viagem e aproveitar a conexão só com as pessoas ao seu lado…o importante é prestar atenção nisso… Nessa foto aí eu tava vivendo um dos dias favoritos da minha vida e eu quero resgatar esse sentimento. Quem tá comigo nesse desafio? To ansiosa pra redescobrir e me reconectar de verdade com as pessoas e momentos, vivendo uma coisa de cada vez ❤ #temhorapratudo

Uma publicação compartilhada por Lilian Melchert (@limelchert) em

 

Outros influenciadores (Nátaly Neri, Tavião) também já ficaram offline por uma semana inteira e compartilharam suas impressões em vídeos no YouTube (leia a matéria completa aqui).

 

Leia também: Publicidade infantil: Vídeos de youtubers mirins podem ser retirados do YouTube