Adoraríamos começar esse texto contando a fórmula mágica que encontramos para crescer no YouTube, mas não acreditamos que isso exista. O trabalho é longo e gradual, você precisa conquistar o público com o seu conteúdo e qualidade dos vídeos. Mas, como forma de ajuda e incentivo para você começar o seu canal, vamos passar algumas dicas que já vimos funcionar.

Regras da comunidade

Desde o início do ano, o YouTube parou de recomendar os vídeos que “quase” violam as regras da comunidade. É importante que você esteja sempre atualizado e fique atento a página de políticas do YouTube.

SEO

Você já ouviu falar de SEO? O nome search engine optimization pode até parecer difícil, mas, na verdade, são técnicas que você pode (e deve) usar no vídeo para que ele seja mais facilmente encontrado na busca do YouTube.

Você deve identificar uma palavra-chave para o seu vídeo e incluí-la no título, descrição e tags. Por exemplo, se você produzir um vídeo de receita de brownie, brownie pode ser a sua palavra-chave e o título pode ser algo como “receita de brownie” ou “como fazer brownie”. Um bom exercício é pensar o que você buscaria para chegar no seu vídeo.

O tamanho do título, descrição e tags também deve ser pensado. Evite passar de 60 caracteres no título. Nas tags, o YouTube permite até 500 caracteres e recomendamos que você use sem moderação. Sem moderação não significa que pode colocar qualquer coisa, ok? Lembre-se de que as tags precisam estar relacionadas ao vídeo. Já na descrição, não existe um número de caracteres específicos, mas é importante que ela transmita o conteúdo do seu vídeo.

Frequência

É importante que você defina uma frequência de postagens e cumpra. É um compromisso com os seus seguidores e com você mesmo. Divulgar os dias de postagem ajuda a criar uma expectativa e faz com que seu público espere pelos vídeos.

Cartões e telas finais

Sabe quando você tá assistindo a um vídeo e aparece sugestões de outros vídeos? Essas sugestões estimulam seus seguidores a assistirem a mais vídeos do seu canal. Mas, de novo, não vale colocar qualquer coisa. É preciso que eles façam sentido com o vídeo que a pessoa está assistindo.

Leia também: O que é YouTube Analytics? 

Divulgue seus vídeos

Se você usa outras redes sociais, divulgue seus vídeos por lá também. Não fique limitado apenas ao YouTube. Peça para a família e os amigos também divulgarem, assim você cria uma rede de pessoas que apoiam e colaboram com o seu canal.

Peça likes, inscrição e comentários

Pode até parecer chato, mas, como nem todo mundo lembra de se inscrever no canal, dar like e comentar no vídeo, é importante que você peça. Ao finalizar o vídeo, lembre seu público de realizar essas ações. Durante o vídeo, peça para que comentem sobre o que você está falando.

Collabs

As collabs são uma boa forma de atrair um novo público para o seu canal. Grave vídeos com outros youtubers, isso ajuda o seu canal e o deles a ganhar alcance e atrair novos inscritos.

Qualidade do conteúdo

As dicas anteriores são super dependentes da qualidade do seu conteúdo. Mas lembre-se que o conteúdo é a chave para o seu público e é isso que vai fazer as pessoas assistirem aos seus vídeos. Entenda o que faz sentido para você e para seus inscritos e se dedique a esse tipo de conteúdo.

Você já tem um canal no YouTube? Compartilha o link com a gente no twitter @CriadoresiD.