De acordo com notícia publicada pelo site O Globo, o Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) recomendou a suspensão de um vídeo promocional de Felipe Neto.

A promoção, lançada em agosto ao lado de Luccas Neto, contemplaria alguns dos seguidores com uma viagem à Netoland, localizada no Rio de Janeiro, e também para a Disney. Para participar, o inscrito deveria realizar ligações que estavam sujeitas a tarifas.

Para o Conar, o vídeo falando sobre a promoção contém três problemas:

*As regras sobre a promoção não ficaram claras.

*O vídeo não deixava explícito que se tratava de uma propaganda.

*Havia “apelo imperativo de consumo” a menores de idade.

Apesar da decisão, o vídeo ainda está no YouTube, e Felipe Neto não se pronunciou sobre o assunto. Veja:

:: Melhores do ano Criadores iD – Escolha os seus favoritos ::