Um levantamento realizado pela ViU HUB identificou fatores do algoritmo do YouTube que podem melhorar o desempenho dos vídeos na plataforma. Entre eles, estão a frequência de postagem, a qualidade da imagem e o tipo de conteúdo.

:: Leia mais: Youtube: agora você pode navegar e assistir vídeos ao mesmo tempo ::

Ao longo de dois anos, entre 2016 e 2018, foram analisados mais de 900 mil vídeos publicados em canais brasileiros do YouTube. Ficaram de fora apenas os segmentos infantil e música, nos quais o algoritmo atua de maneira diferente.

Em entrevista ao site Meio & Mensagem, o coordenador de operação digital da ViU HUB Lucas Herdy, explicou que a principal métrica do YouTube são os Minutos Assistidos. Este fator está relacionado ao engajamento do canal e, se os números estão positivos, significa que o conteúdo é relevante.

Lucas Herdy apontou outros dois novos conceitos que a plataforma considera importantes: os vídeos recentes e a frequência de postagem. Ou seja, quanto mais publicações, mais relevante se torna o canal para o algoritmo.

Levando esses dados em consideração, foi possível apontar fatores que favorecem a entrega de vídeos no YouTube. Confira:

 

Duração dos vídeos

O estudo mostra que as pessoas estão consumindo vídeos cada vez mais longos. Em 2015, os mais assistidos tinham entre 3 e 9 minutos, média que passou para 8 a 15 minutos em 2018.

Lucas Herdy deu como exemplo os vídeos do Canal Nostalgia, de Felipe Castanhari, que chegam a ter até uma hora de duração e têm bom desempenho.

 

Crescimento

Muitos canais do YouTube crescem por conta de algum vídeo viral, também chamado de vídeo suporte. “Ele acaba gerando um boom de audiência e quando isso acontece o canal, geralmente, não volta para o mesmo patamar”, diz Lucas Herdy.

 

Conteúdo seguro para as marcas

Após marcas retirarem anúncios do YouTube no ano passado por conta do conteúdo de alguns vídeos, a plataforma passou a ser mais rígida com os anúncios.

Por isso, vídeos contendo conteúdo considerado seguro para as marcas também têm melhor performance na entrega.

 

Uploads

Conforme o levantamento, domingo e segunda são os dias em que menos são realizados uploads no YouTube. Isso pode representar uma oportunidade para criadores apostarem nessas datas para publicar seus vídeos.

 

Velocidade

Outro ponto é a vida útil dos vídeos, que está cada vez menor. Isso faz com os criadores tenham que produzir conteúdo com mais frequência, o que pode levar a um processo de burnout ou até mesmo bloqueio criativo.

:: Leia também: Cresce o debate sobre saúde mental dos criadores de conteúdo ::